Em que acreditar numa época de confusão: ciência ou alternativa

Mesmo que um fármaco ou tratamento seja apoiado pela ciência, de forma alguma é garantia de que é  seguro ou eficaz. Da mesma forma, se um tratamento alternativo não foi publicado em uma revista médica, isso não significa que é ineficaz ou inseguro. Exercício e uma alimentação natural (comer mais frutas frescas e vegetais da época) podem ser tão eficazes como um tratamento com um fármaco, aliás como  alguns estudos têm mostrado. É por isso que é tão crucial ter uma estrutura imparcial que possa  ajudar-nos a avaliar todos estes estudos … difícil de encontrar!

Razão pela qual muitas pessoas decidiram começar a usar todos os recursos disponíveis, orientação de alguns especialistas  e outras experiências, para determinar qual tratamento médico ou a orientação  que melhor o serve na sua situação.

É razoável manter algum ceticismo  mas também alguma abertura … mesmo a algo que eu estou a dizer e a escrever, mas é necessário entender que  somos os responsáveis  pela nossa  SAÚDE e da nossa família, e não certamente os milagrosos produtos que empresas farmacêuticas  tentam vender que mais não fazem do que resolver sintomas  e não causas.

Se está em face de um situação de saúde desafiante é bom procurar uma  pessoa com formação específica em orientação nutricional – alguém que realmente entenda a saúde  e os seus fundamentos – que o ajude a perceber os sintomas e a resolver as causas –  não obstante que se mantenha sobre a vigilância de um médico.

Não perca o proximo artigo onde irei abordar “A base das doenças”.

Esta entrada foi publicada em Bem-Estar. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *