Boa comunicação

Todos os dias a linguagem que usamos é um registo de quem somos, do que estamos  a sentir e a pensar. É apenas e unicamente acerca de  nós.

Se pararmos  e ouvirmo-nos,  a mensagem que escutamos é transmissão das nossas opiniões, pensamentos e sentimentos. São as nossas crenças. Trata-se dos nossos  julgamentos,  perceções e  perspectivas.

A chave na comunicação diária é lembrar-se disso e assumir a responsabilidade pela sua linguagem e pelas  mensagens que envia, aumentando dessa forma a sua auto consciência. Não se atreva a dizer a alguém, que ele não entende o que está a dizer! Assuma a essa responsabilidade!

 A segunda chave na comunicação diária é lembrar-se  que todas as mensagens que  recebe  vêm de um emissor. Não tem que absorver e sentir pessoalmente a emoção da mensagem de quem quer qu e seja. O que o emissor diz é o reflexo das suas crenças ou perceções.

 Se  seguir estas duas posições, então não ficará sensibilizado ou magoado  pela mensagem de ninguém, pois ela não é acerca de si.  Em vez disso vai distanciar-se o suficiente para ser capaz de ver a pessoa que esta por de trás e perceber qual é a  verdadeira intenção.

Se a mensagem vem num tom agressivo, verifique com o emissor para ver o que ele está a sentir. Não admita suposições. Certifique-se do verdadeiro significado. Este simples ato pode evitar muitos mal entendidos.

 Ser um bom comunicador é reconhecer que quando uma pessoa fala, a menssagem é o reflexo do estado de espírito dessa pessoa. É acerca dela. Por outro lado,  também é reconhecer que a sua resposta a uma mensagem é o reflexo do seu estado de espírito e onde se encontra no seu” percurso”. Devemos assim, ouvirmo-nos e respeitarmo-nos mutuamente, e  se necessário clarificar, para termos a certeza que estamos  a entender e a ser entendidos.

Aldina Costa

 

Esta entrada foi publicada em Coaching com as tags , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.