De que se ocupa o Ego?

Quando nos sentimos vulneráveis, o ego manifesta-se, normalmente, em agressividade ou passividade, submissão ou dominância, preocupação ou desconexão. Estas são algumas possibilidades. Qualquer que seja  a forma estamos a afastar-nos do nosso melhor.

 

Pensemos então no Ego como uma posição centrada em nós, tal como,  eu sou eu  ou  é apenas o meu ponto de vista!

Dessa posição surgem questões que  poderão ser do tipo:

  • Como é que me vou safar?
  • Estou em controlo?
  • Como eu que eu sou em comparação com  A ou B?
  • Gostam de mim?
  • Tenho visibilidade?
  • Estou em segurança?
  • Sou respeitado?
  • Quem é que me está a impedir?
  • É isto uma ameaça?
  • Como é  posso ter mais poder?

É possível que muitos destes pensamento internos venham do nosso ego. São o  resultado de  emoções: tristeza, medo, preocupação, raiva, orgulho, ódio, ansiedade. Podemos ficar surpreendidos com o número de vezes que o ego se revela no nosso dia a dia!

Pense por um momento e questione-se:

Quando é que esta ou aquela opinião me deixa intolerável?

Em que circunstâncias fico menos criativo? Mais dominante ou passivo? Mais defensivo ou menos claro na comunicação?

Todas estas reações são possivelmente relacionadas com o Ego.

Aldina Costa

Esta entrada foi publicada em Coaching com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.